A BALADI é uma associação de âmbito Nacional criada em 1995 com objetivos muitos claros:

  • Coordenar e dirigir, a nível nacional, o movimento associativo dos Baldios;
  • Representar os órgãos de administração dos Baldios e o seu movimento associativo junto dos Órgãos de Soberania, departamentos oficiais, autarquias locais e outros organismos nacionais e internacionais;
  • Apoiar o movimento associativo dos Baldios.

A BALADI – Federação Nacional dos Baldios, tem desenvolvido trabalho junto das entidades florestais para estar presente em protocolos no âmbito da gestão, da sensibilização, da proteção contra incêndios e da proteção florestal.

De destacar a elaboração de 483 Planos de Utilização Florestal (para 483 Unidades de Baldio) no âmbito do protocolo assinado com a DGRF/IFADAP/INGA, os quais permitiram, num curtíssimo espaço de tempo, dotar a maior parte das áreas comunitárias das suas associadas de um instrumento de gestão primário. Conta também alguma experiência na coordenação de projetos cofinanciados pelo Fundo Comunitário, nomeadamente no âmbito da Rede Rural do qual se destaca a Organização do “1º Congresso Europeu das Áreas Comunitárias”.

Órgãos Sociais

Direção


Presidente: Armando da Silva de Carvalho
Vice-Presidente: José Miguel Afonso Fernandes
Secretário: Pedro Miguel Morais Gomes
Tesoureiro: António Delfim Valério Moutinho
Vogal: Victor Coelho Lopes
1º Suplente: Daniel Amorim Serralheiro
2º Suplente: Rui Pedro Ferreira Baião

Mesa da Assembleia Geral


Presidente: Isménio Lourenço de Oliveira
1º Secretário: Luís Filipe Gomes Lopes
2º Secretário: Manuel Agostinho Borges Machado

Conselho Fiscal


Presidente: Francisco Xavier Barreto Pires
Relator: David Borges Martins
Vogal: Durval Alves Fernandes Gave
1º Suplente: Helena Maria Alves Fernandes